sábado, 31 de julho de 2010

Nuspirit Helsinki - Trying (Nu Jazz)

Nuspirit Helsinki é um grupo de músicos e djs da Finlândia, com influências do grupo alemão Jazzanova. Em suas músicas percebemos as variedades da música eletrônica aliada à intrumentos acústicos e com um suave sotaque erudito. A mescla de gêneros como o jazz, soul e música latina fazem do Nuspirit uma banda diferenciada com forte tendência para o Nu Jazz (jazz eletrônico ou jazz do futuro).
Em "Trying" destaco a linha de baixo, as viradas de bateria (um bom exercício e tentar acertar quando o batera fazerá a virada), a harmônia jazzistica do piano e o tempo onde a contagem que é de 4 tempos passar a ser 3 tempos em um compasso e 5 tempos no compasso seguite, e assim sucessivamente.

Marabeau Jazz - NIght and Day (Cole Porter)

Vamos de som Brazuca agora. Essa banda foi-me indicada por ninguém menos que Nilton Wood e Celso Pixinga, e é formada por:
Marabeau - Vocal
Oswaldo Amorim - Bass
Genil Castro - Electric Guitar
Elias Caires - Drums
Vale a pena conferir pois raríssimos brasileiros tocam jazz como eles.
Nessa música você observa as variedades rítmicas da bossa nova para o jazz que com certeza orgulhariam muito o grande Cole Porter.

sexta-feira, 30 de julho de 2010

A desconcertante Bjork

Não há palavras definam Bjork, muito menos frases ou textos. Ela simplesmente é o que é. Basta ouvir para sentir seu universo sonoro. Mas não são apenas suas músicas que têm toque de genialidade, seus clipes também. Mas isso é assunto para um próximo post onde abordarei o grande
diretor/cineasta Michael Gondry.
Curta então duas músicas na versão acústica, ambas do álbum MTV Unplugged, e aprecie sua variedade rítmica e percussiva.


quarta-feira, 28 de julho de 2010

Outkast - Roses

Como ainda tô "fora de forma" no meu blog prefiro voltar com um som sensacional, popular e que poucos dão atenção.



Essa dupla de cantores de hip hop da Georgia, EUA, sempre me encantou com suas belas produções e ótimos clipes, até mesmo quando a música não era lá essas coisas. Trago aqui a música "Roses", de 2004, onde com uma harmonia "ousada" e diferente para o estilo hip hop chamou a atenção de inúmeros pianista, e um desses você acompanha logo abaixo.
Até os próximos posts!